This is War, Baby - K. Webster

by - 11:11:00


Edição Amazon (eBook)
Não lançado no Brasil
This is War, Baby (War & Peace, #1) - K. Webster


Eu tinha um plano para minha vida.
Até que ele a invadiu e roubou tudo.
Meu captor me levou e eu me tornei um peão.
Sua estratégia mudou e ele me enviou para a GUERRA , porque dinheiro é tudo nesse mundo.
Na minha GUERRA , porém, encontrei a paz.
Eu não poderia imaginar, mas encontrei o amor onde menos esperava, com um homem que vivia uma batalha todos os dias de sua vida... tudo dentro de sua cabeça.
Mas, então, meu captor voltou para mim.
No entanto, desta vez, as linhas de batalha tinham sido elaboradas e eu estava protegida.
Ou assim nós pensávamos.
Mesmo que minha GUERRA estivesse no auge, meu captor iria lutar até a morte.
Os mocinhos sempre ganham, certo?
Nem sempre.
Vale tudo no amor e na GUERRA, certo? Não dessa vez.

Eu podia estar comendo chocolate.
Eu podia estar dando banho nos meus cachorros.
Eu podia estar andando de bicicleta.

Mas não. Eu estou lendo esse livro, ao mesmo tempo em que tento me lembrar como respirar.
Não é fácil. Principalmente quando é um romance dark que suga tudo de você. É feio. Sujo. Decadente e humilhante. Mas a autora avisou que seria assim. Mas ela também avisou que haveria uma luz no final. Um luz que faria todo esse sofrimento valer a pena.

E valeu.

Cada letra. Cada palavra. Cada linha.

THIS IS WAR, BABY merece todas as estrelas. E indico para todos que tem um coração forte. Esse romance vai torturar você. Mas depois, ele irá ajudar a cicatrizar as suas feridas.


”In a game where only he knows the rules, I’m helpless in finding a strategy to win.”

Baylee é uma menina de 17 anos com a vida perfeita - mais ou menos -. Sonha com a faculdade de medicina, tem um namorado lindo e carinhoso, um pai super protetor e uma mãe amável que, infelizmente, está morrendo.

Nossa protagonista está passando pela fase da descoberta sexual. Do reconhecimento de seu próprio corpo e de seus desejos. E sua mente, involuntariamente, a leva a sonhar com o seu vizinho, e melhor amigo de seu pai, Gabe. Um homem de quarenta anos, alto, forte, cabelos escuros e olhos que sempre estão a seguindo. Ela sabe que ele a deseja. Ela sabe o poder que seu corpo jovem exerce sobre ele. Mas ela tinha considerado toda aquela tensão como algo platônico. E foi o seu grande erro.

Normalmente, nossos maiores inimigos são as pessoas em quem confiamos; parentes, amigos, conhecidos de longa data. O diabo gosta de encantar, de enganar, de iludir. E Gabe mostrou que os 10 anos de relacionamento, não o impediram de machucar Baylee das priores formas possíveis. Isso não é um spoiler, isso é um fato que ocorre no prólogo do livro.


“Sometimes, sweetheart, you have to make sacrifices. You, doll, are a sacrifice. Your part is small, but it is so significant.”

A autora não mede palavras, cenas ou ameniza qualquer tipo de situação.
Ela vai fundo nas emoções do leitor. Ela estraçalha você da mesma forma que estraçalha a protagonista. É doente. É louco.

E é incrivelmente foda.



A autora avisa, logo antes do prólogo, do que o livro se trata, e como o tema será abordado. Eu já sabia que as coisas seriam pesadas, porque tráfico humano é algo que estudei por muito tempo para escrever o meu livro. Mas a forma como K. Webster recria o mundo das jovens que são levadas de suas famílias e jogadas no submundo do sexo, é de arrepiar até pedra.

Mas não se deixe enganar. Nem tudo são trevas e sombras.
Há luz. Há esperança. E há amor.

O título do livro é perfeito, e você irá entendê-lo quando conhecer o terceiro personagem que domina toda a história. Eu não posso falar sobre ele, porque estaria revelando demais. Mas não hesite em mergulhar nesse lado escuro da literatura.

THIS IS WAR, BABY, tem muito a oferecer.
Esse romance irá testar os seus limites.
Ele lhe deixará mais forte.

AVALIAÇÃO: 5/5 😍

You May Also Like

5 comentários

  1. Oi Nana, comecei a ler hj, sua indicação foi um pontapé pra eu começar kkkk. Confesso que achei a personagem muito confusa. Sério, ela não sabe se gosta ou odeia o Gabe, como assim? O cara a tira de casa contra a vontade faz tudo aquilo e o sentimento ainda é ambíguo?
    Bom, acabei de conhecer o War, obviamente ele é diferente e pela a sua resenha vejo que ao contrário do que eu pensava ele é fundamental, espero que se desenrole de uma maneira favorável a mocinha, que apesar da confusão não merece um destino dark.

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha ficou ótima mas o livro é uma porcaria, sério, amo livros de máfia e fui totalmente ansiosa pra ler esse, mas me decepcionei totalmente..... Nem percam tempo.

    ResponderExcluir
  3. Sua resenha ficou ótima mas o livro é uma porcaria, sério, amo livros de máfia e fui totalmente ansiosa pra ler esse, mas me decepcionei totalmente..... Nem percam tempo.

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Por Deus, essa série está no tipo da minha TBR pra ler!

    Adorei a resenha. K Webster tem a escrita maravilhosa!

    Beijão,
    www.cretinaliteraria.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Por Deus, essa série está no tipo da minha TBR pra ler!

    Adorei a resenha. K Webster tem a escrita maravilhosa!

    Beijão,
    www.cretinaliteraria.com

    ResponderExcluir